Fable 2: a continuação da fábula

novembro 6, 2008

Discuta esse artigo no Fórum Omega Geek

Fable: The Lost Chapters – Onde tudo começou

Em meados de 2004 foi lançado para o Xbox um título exclusivo que viria a se tornar o jogo que vendeu mais rapidamente para o video game até então: Fable: The Lost Chapters, que posteriormente foi lançado para PC, com conteúdo adicional e jogabilidade refinada pelo uso de hot keys (teclas de atalho). A premissa é interessante: A ESCOLHA É SUA.

O jogo coloca o jogador no papel de um garoto no mundo de Albion, cuja cidade natal, Oakvale, logo no início é queimada, os pais são mortos e a irmã, Theresa, perde sua visão e, ainda viva, é raptada. Salvo pelo líder de uma guilda que treina campeões, muitos deles reconhecidos como heróis, o garoto tem a chance de aprender a se defender com “os melhores no ramo” e descobrir quem são e caçar os causadores da destruição de seu lar e sua família. O grande destaque do jogo fica por conta da forma como você faz isso: literalmente não existe uma regra a ser seguida.

heroi_feicao1

Você não precisa ser bondoso. Você pode bater em qualquer pessoa a qualquer momento. Você pode roubar as pessoas, ameaçar vendedores, usar roupas que o tornem mais intimidador e ver a feição do seu personagem mudar ao passo que ele se torna mais e mais malvado em suas decisões. As pessoas correrão de você e você não será bem-vindo em cidades. Não que isso seja um problema se você for forte o suficiente. Continue lendo »

Anúncios

Do 2D para o 3D: razões para dar e não dar certo

setembro 11, 2008

Discuta essa postagem no Fórum Omega Geek, clicando aqui

Nas duas semanas anteriores você viu, nas duas primeiras partes dessa série de artigos, jogos que não deram certo em suas transições do 2D para o 3D e também os que deram certo. Pouco, porém, foi apontado como possíveis causas para essas transições terem tido resultados tão diferentes. Nessa semana concluiremos a dissertação abordando alguns desses pontos:

Alguns elementos que tornam uma conversão ruim:

  • Jogo original Ruim: Se o jogo em 2D que deu origem à versão em 3D já era ruim, as chances da versão em 3D não dar certo são grandes. E isso vai desde o fato do time desenvolver poder acabar sendo o mesmo como fatores indiretos como o fato de com pouco sucesso o game ter menos investimento inicial e prazos mais apertados, evitando que o trabalho seja realmente bem feito.
  • Gráfico Simplista: realizar a transição e utilizar gráficos que além de não serem exímios estejam abaixo da média atrapalha o desempenho da adaptação. Em contra-partida, jogos dessa geração têm mostrado que mesmo com gráficos muito bons os jogos podem ser muito ruins. Vide adaptações de filmes como Iron Man, cujo jogo é lindo, mas ruim. Consequentemente gráficos que destaquem o jogo são importantes, mas não é tudo.
  • Esperar sucesso apenas pelo nome: dá pra lembrar do Sonic e de Castlevania nessa brincadeira. Fazer um jogo de qualidade ruim em 3D, depois de um grande sucesso no 2D não somente é ruim como é pior do que a empresa não ter feito jogo nenhum. O nível de frustração de fãs de uma série tende a ser tão grande (pela séries famosas terem mais cobrança de qualidade) que os veículos de comunicação especializados tendem a massacrar essas transições ruins. E, infelizmente, produtoras ainda se apoiam em nomes famosos do mundo 2D quando resolvem fazer alguma continuação ruim para o mundo 3D. Vamos ficar de olho em “Smash TV”, um clássico que em breve terá sua versão 3D. Esperamos que não seja mais um caso de apoio no nome da franquia para vender um jogo ruim.
  • Continue lendo »


H. P. Lovecraft

agosto 19, 2008

Discuta essa postagem no Fórum Omega Geek, clicando aqui

O Grande Cthulhu. Yog-Sothtoth. Shub-Niggurath. Nyarlathotep. Dagon. O Necronomicon.

Você já ouviu esses nomes. Pode não saber onde, ou porque, mas sabe que eles te lembram de algo. Alguma coisa no fundo da sua mente te diz pra não pensar sobre isso. Pra não mexer com esses nomes desconhecidos. Afinal, só de pronunciá-los, você pode acordar seus donos.

Assim funciona o universo criado por Howard Phillips Lovecraft. Nascido em 1890, ele morreu em 1937, sem nunca ter publicado um único livro, escreveu sobretudo em cartas, e contos para revistas da época (como a Weird Tales). Seus contos e cartas foram criando o que se chama de “Mitos de Cthulhu”, uma grande mitologia de ficção científica e terror.

Embora talvez seja errado chamar seu estilo de “terror”.

O correto seria chamar de “horror”. Terror é algo palpável. Um vampiro num castelo, um monstro feito de cadáveres, esses são exemplos mais próximos de terror. No universo dos “Mitos”, temos o horror. A coisa muda totalmente de escala, temos deuses-monstros, raças muito mais antigas que a humanidade, seres além da nossa razão.

Continue lendo »


Diablo III: detalhes e especulações

junho 30, 2008

Tyrael

Vinte anos se passaram desde que Baal foi derrotado e Tyrael destruiu a Worldstone. Deckard Cain continua vivo para testemunhar mais uma tentativa das sombras de dominar o mundo dos humanos. Um cometa vindo dos céus atinge o mesmo solo por onde antes Diablo invadiu o mundo. Mais uma vez os guerreiros do Santuário lutarão para defender o mundos dos mortais contra as ameaças emergentes do inferno e decaídas dos céus.

Isto é tudo o sabemos até o momento sobre a história de Diablo III. Muitas perguntas continuam sem respostas: quais as reais consequências da destruição da Worldstone? Quais são as ameaças vindas do céu? Os outros irmão de Diablo, Baal e Mephisto participarão da história? Qual será o papel de Tyrael? Diablo não foi derrotado?

Enquanto estas perguntas não são respondidas, nos atentamos às novidades do jogo em si. Mas pouca coisa foi revelada até então. O jogo deve ser lançado com 5 classes de personagens. Duas das quais já são reveladas: o já conhecido Barbarian e o estreante Witch Doctor.

Bárbaro

Barbarian

O brutamontes de Diablo II volta agora com um ar mais experiente e ameaçador.

Pouco se sabe até então sobre o novo sistema de skills, mas foram reveladas 5 skills desta classe:
* Cleave: um forte e rápido ataque que atinge mais de um inimigo;
* Ground Stomp: em que o Bárbaro cria uma onda de força com um forte pisão no chão (no melhor estilo Hulk Esmaga!);
* Leap: o pulo já conhecido de Diablo II;

* Seismic Slam: em que o Bárbaro atinge o solo criando uma onda que atinge vários inimigos a sua frente;
* Whirlwind: a mais famosa skill do Bárbaro de Diablo II volta para marcar presença.

Witch Doctor

Um tipo de xamã, já foi referenciado pelos brasileiros com ‘Dhalsim’ por sua aparência quando sem máscara. Muitos apontaram esta classe como um substituto para o Necromancer, mas segundo informações da própria Blizzard isto não é verdade.

Witch Doctor

Realmente, as skills reveladas até o momento são bem similares às utilizadas pelo velhinho magrelo de Diablo II. Mas se o WD substitui mesmo o Necro, só saberemos no futuro.
As skills conhecidas são:
* Firebomb: o Witch Doctor lança uma bomba que gera uma grande explosão ao atingir inimigos;
* Horrify: o personagem aterroriza os inimigos fazendo-os correrem pra debaixo da cama;
* Locust swarm: o Witch Doctor invoca uma nuvem de insetos que literalmente se alimentam de seus inimigos;
* Mass Confusion: parecido com Confusion do Necromancer, os inimigos ficam confusos e atacam aleatóriamente qualquer um, inclusive uns aos outros;
* Soul Harvest: as almas dos inimigos são arrancadas de seu corpos dizimando-os.

Outras novidades

Mais detalhes que a Blizzard divulgou até o momento:

– Será possível escolher o sexo dos personagens separadamente das classes. Ou seja, será possível criar uma Bárbara! Medo!Bárbara
– A Blizzard promete maior customização dos personagens, de acordo com os equipamentos utilizados e classes/sexo escolhido. Nada de todo mundo igual!
– Maior interatividade com o cenário, sendo possível destruir partes do cenário até mesmo atingindo inimigos.
– O modo single-player continua existindo, e novas features no modo multiplayer são garantidas!
– O stash, aquele maldito baú, será substituído por um novo método de armanezamento de itens. O sistema de trocas deverá ser modificado também.
– Novo sistema de quests e interação com NPCs.
– Continuarão existindo itens raros, únicos e socketables, assim como as gemas. Nada foi especificado acerca de runas e runewords. Os modos Normal/Nightmare/Hell também devem ser mantidos.

Muita coisa ainda está por baixo dos panos. A Blizzard certamente supreendeu a todos ao mostrar o quanto já foi desenvolvido em segredo até dois dias atrás. Aos poucos mais novidades serão reveladas, e vamos ficar atentos para trazê-las o mais rápido possível.

Enquando isso, fãs já iniciam com especulações sobre o quê/como/quando está por vir. E até mesmo críticas. Por exemplo:

How it should be

E você? O que acha? O que espera? Deixe suas opiniões nos comentários enquanto aguardamos por um dos jogos mais esperados de todos os tempos!


Bomba: Diablo III oficialmente anunciado!

junho 28, 2008

Finalmente foi revelado o significado das imagens misteriosas que vêm aparecendo na abertura de todos os sites da Blizzard:

Após oito anos de espera a Blizzard finalmente anuncia a sequência de seu jogo de maior sucesso: Diablo III acabou de ser oficialmente anunciado no Blizzard 2008 Entertainment World Wide Invitational (WWI) em Paris.

No último dia 23 os visitantes dos sites da Blizzard e Battle.net foram surpreendidos com uma imagem mostrando uma costra de gelo antes da entrada para o site principal.
A cada dia esta imagem era substituída por uma nova, mostrando os olhos de uma figura desconhecida e revelando pequenos símbolos que remetem a cada um dos lançamentos da empresa. Veja abaixo as seis imagens mostradas a cada dia:

ice1.jpg – 23/06
ice2.jpg
– 24/06
ice3.jpg
– 25/06
ice4.jpg – 26/06
ice5.jpg – 27/07
ice5andahalf.jpg – 28/08 (apenas por alguns minutos antes do anúncio oficial)

Muita especulação surgiu e finalmente hoje a imagem foi substituída por uma animação em Flash que revela o que muitos gamers esperam desde 2001:

Diablo III

Um enviado do web-site Diablofans.com ao WWI escreveu (em tradução livre – link para o original):

“Mike Morhaine mostrou um vídeo do Diablo 3.

O Bárbaro luta contra 20 monstros e se livra deles facilmente. Você pode destruir e interagir com o ambiente, há física presente aqui. O acesso à janela do personagem é similar a World of Warcraft. As armas podem ser encantadas. O Bárbaro agora está usando whirlwind para lidar com os inimigos mais poderosos. Alguns dos baús possuem armadilha … um exemplo — o baú ativou uma armadilha em que varios esqueletos surgiram para atacar o Bárbaro. Deckard cain está falando agora numa interface muito interessante para RPG.”

Este mesmo vídeo já está disponível no Youtube. Parte 1:

Parte 2:

Cinematic Trailer:

Estes vídeos, screenshots e mais detalhes sobre duas das classes reveladas até o momento (Barbarian e Witch Doctor) estão disponíveis no website que foi ao ar a poucos minutos:

http://www.blizzard.com/diablo3/

Voltamos em breve com mais novidades sobre Diablo III e novas revelações feitas no WWI!
Agora é roer as unhas e começar a preparar um computador novo porque o Lorde do Terror está oficialmente voltando!!!