O Rock e seus “Salvadores”

outubro 25, 2008

Discuta este artigo no Fórum Omega Geek

Quantas vezes ao se defrontar com uma banda nova que está fazendo sucesso você não foi surpreendido com a notícia um tanto quanto estranha de que ela é responsável por salvar o estilo a que pertence, trazendo de volta raízes há muito tempo perdidas? Vários nomes já carregaram essa grande responsabilidade sobre suas costas. De cabeça é possível citar nomes como Strokes, Arctic Monkeys, Franz Ferdinand e White Stripes, só para mencionar alguns exemplos que ainda se mantém em evidência no cenário musical.

Chuck Berry, na ativa aos 82 anos de idade

Chuck Berry, na ativa aos 82 anos de idade

O estranho é que apesar de a cada ano surgirem novos donos do posto de “Salvadores do Rock”, não me recordo em nenhum momento do estilo ter morrido. Alguns fãs mais saudosistas poderiam dizer que o rock morreu há tempos, com o fim dos Beatles, o encerramento das atividades do Led Zeppelin ou a morte de Elvis, e que ninguém mais vai se igualar em inovação perante estes marcos na história do estilo. Mas devo discordar disso, já que o rock continuou vivo, seja através de suas vertentes mais pesadas como o Hard Rock ou o Heavy Metal, e mesmo grandes nomes do rock clássico continuam por aí, mesmo que sem o mesmo gás do início da carreira, como mostra Chuck Berry, no alto de seus 82 anos de idade.

Continue lendo »