[Semana OMG #14] Se meu castelo falasse…

fevereiro 8, 2009

Discuta essa postagem no Fórum Omega Geek!

Semana OMG 14

Olá, caros amigos do OMG! Não sei se vocês ficaram sabendo, mas o nosso tão amado Brasil brasileiro teve uma semana bem agitada. Começou logo no domingo, quando helicópteros da Força Aérea Brasileira foram dar um pulinho na Colômbia para libertar alguns prisioneiros. Esse momento era esperado desde dezembro de 2008, quando a FARC anunciou que libertariam vários prisioneiros, incluindo um ex-governador e um ex-deputado. Tudo foi organizado pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) e o Brasil ajudou com a logística e alguns militares para a organização. Os prisioneiros então foram liberados em 3 dias diferentes. Logo no domingo, foram três políciais e um soldado. Na terça-feira (dia 03), foi a vez de Alan Jara, um ex-governador que estava em poder da FARC há sete anos. Dois dias depois foi a vez do último prisioneiro, o ex-deputado Sigifredo López de 45 anos, último sobrevivente de um grupo de 12 deputados que foram sequestrados em 2002. É claro que essa movimentação toda não passou despercebida do resto do mundo e os EU da A elogiaram o papel do Brasil na operação pra mostrar presença na Colômbia, do tipo “falamos mal, mas falamos de vocês”.

Dentro do congresso quem comemorou foi José Sarney e Michel Temer. Sarney (PMDB-AP) foi eleito como presidente do senado e  Temer (PMDB-SP) foi eleito com presidente da Câmara dos Deputados. Os dois, figurinhas tarimbadas na política brasileira, vão ocupar esses cargos pela terceira vez. Os mandatos anteriores de Temer foram em 1997 e 1999, enquanto que Sarney ocupou a principal cadeira do Senado nacional teve seus mandatos entre 1995 e 1997 e entre 2003 e 2005. E você deve ficar se perguntando como esse povo é reeleito tantas vezes? Principalmente o Sarney, que já está com 78 anos e apronta desde o berçário? Ora, caros leitores, é óbvio. Não se mexe em time que está ganhando, com ênfase nesse “ganhar”. É bem possível que um dos outros candidatos na câmara e no senado tivessem idéias novas e tudo mais, mas você realmente imagina que eles querem mudar o sistema? A The Economist, no seu artigo “where dinosaurs still roam” (onde dinossauros ainda vagam) classificou esse acontecimento como “uma vitória para o semi-feudalismo”. Eu tomo a liberdade e classifico como uma tremenda cara de pau. Minha mãe classificou como uma pouco vergonha. Minha tia não classificou como nada, por que não lembra nem o que comeu na janta de ontem. E o Lula provavelmente classificou como aprendizado futuro.

Continue lendo »