Scott Pilgrim contra o Mundo

junho 7, 2010

Edição nacionalScott Pilgrim é um cara comum com 23 anos de idade, que tem como única ocupação jogar videogames antigos e praticar com sua banda, a Sex-Bob Omb. Isso sem contar com o tempo que passa com Knives Chau, sua recém conquistada namorada de 17 anos.

Tudo isso muda no dia em que ele passa a ter sonhos com uma garota estranha com o cabelo colorido, que se revela real na figura de Ramona Flowers. Após certa confusão (que resulta em uma briga entre Ramona e Knives), Scott assume um relacionamento com esta garota misteriosa.

Até aí Scott Pilgrim parece uma revista comum, cuja única diferença é humor um tanto sem sentido de seu autor, Bryan Lee O’Malley. Tudo muda quando surge a figura do primeiro membro da Liga dos Ex-namorados Malvados de Ramona, aos quais Scott deve derrotar se quiser continuar com o relacionamento.

É a partir desse momento que Scott Pilgrim revela todo seu potencial e se mostra um prato cheio quando o assunto são referências ao mundo dos games e o universo nerd em geral. E isso não se apresenta somente através do nome da banda do protagonista ou no vestuário dos personagens, mas também em componentes como as moedas que os ex-namorados derrotados deixam ou a vida extra que Scott adquire em um ponto da trama.

Vida extra

É justamente esse tipo de humor que vai definir a reação do leitor: caso você seja do tipo que não gosta de nonsense e odeia referências a videogames, passe longe. Caso contrário, com certeza o mundo de Scott Pilgrim vai conquistá-lo com seu humor estranho e mistura de realidade com elementos fantasiosos.

Um dos membros da Liga dos Ex-namorados MalvadosA série completa tem ao todo seis volumes (o último sai no Canadá no dia 20 de julho), publicados no Brasil pela Companhia das Letras, sob o selo Quadrinhos na Cia. Atualmente somente a primeira edição está disponível no país, e seu conteúdo corresponde às duas primeiras edições estrangeiras, podendo ser encontrada facilmente pelo preço médio de R$ 35.

A adaptação para os cinemas também já está no forno, e tem data de lançamento programada para dia 18 de agosto nos Estados Unidos.

Infelizmente, a tradição brasileira de atrasos tem no título mais uma vítima, e uma versão legendada só deve chegar nos cinemas daqui no início de outubro. O que mais surpreende na adaptação é a fidelidade com o apresentado nos quadrinhos, incluindo as referências surreais ao mundo dos videogames e efeitos visuais típicos da mídia.

Como foi desenvolvido ao mesmo tempo que a versão desenhada, a partir de certo ponto os acontecimentos da tela grande se tornam diferentes, porém, segundo o criador da série, isso não é motivo para se preocupar, já que o final de ambos ocorrerá de forma semelhante. Fique abaixo com o trailer da produção:


Sinédoque, Nova York

maio 4, 2009

Discuta esse artigo no Fórum Omegageek

banner_cinema1

Um dramaturgo hipocondríaco está sufocado com sua nova obra-prima: uma réplica em tamanho real de Nova York em um galpão, enquanto tem que conviver com as mulheres de sua vida.

Em seu novo alter-ego (Caden Cotard), Charlie Kaufman tenta nos mostrar a angústia da morte imediata e o egocentrismo de sua personagem. O dramaturgo não se preocupa quando suas mulheres desaparecem de sua vida ou quando os anos se passam. Preso a si mesmo, acha que o tempo não o deixará para trás e, sim, que estará sempre à frente. Dessa forma, Caden resolve criar sua própria Nova York, em uma tentativa megalomaníaca de se tornar Deus.

Como Deus de seu próprio mundo, ele comanda e escolhe o que cada um deve fazer, sempre seguindo a realidade dos eventos que se antecederam até a peça tornar-se, em dado ponto, o presente da vida de Caden. Continue lendo »


Vamos falar de sexo?

março 22, 2009

Kinsey - Vamos falar de sexo?

Tive o primeiro contato com um estudo sobre sexo através do filme  Kinsey — Vamos falar de sexo (EUA, 2004), visto alguns dias atrás. Nele, a vida do professor Kinsey é contada aos poucos, à medida em que responde às perguntas de uma entrevista sobre suas práticas sexuais, parte componente do estudo dirigido por ele sobre a sexualidade. Nascido em Hoboken, no verão de 1894, filho de pais metodistas ortodoxos, criado sob uma rígida moral religiosa, que toldou-lhe o pensamento e as ações durante anos em sua vida, Alfred Charles Kinsey graduou-se em biologia e psicologia pelo Instituto Bossey, contrariando a vontade do pai, que desejava que o filho seguisse carreira no campo da engenharia. Continou seus estudos em Harvard, onde doutorou-se, defendendo sua tese sobre a diversidade biológica de uma certa espécie de vespa.

Atuou como professor-assistente do departamento de zoologia da Universidade Bloomington, Indiana, por cerca de dezesseis anos, dedicando-se à entomologia (área da ciência que estuda os insetos). Casou-se com Clara McMillen em 1921, com quem teve quatro filhos. Em parte, o filme de 2004 atribui à sua relação amorosa com Clara muito do crédito de sua dedicação ao estudo do comportamento sexual humano, o qual iniciou em 1935, tendo sido então financiado pela Fundação Rockefeller. Os métodos empregados por Kinsey, entrevistas detalhadas com milhares de pessoas de todas as partes do território dos Estados Unidos, revolucionaram os parcos, insuficientes e moral e religiosamente tendenciosos estudos sobre sexo feitos até então.

Continue lendo »


Tommy

março 14, 2009

Discuta este post no Fórum Omega Geek

banner_musica

tommy-03

O The Who é conhecido como uma das maiores bandas de rock dos anos 60, embora no Brasil a sensação que fique é que muitas vezes a banda é esquecida, dando-se um destaque maior para os Beatles e os Rolling Stones quando se fala de grandes ícones dessas décadas. Formada pelo vocalista Roger Daltrey, o guitarrista e principal compositor da banda, Pete Townshend, o baixista John Entwistle e o lendário baterista Keith Moon, o The Who possui até hoje grande influência na forma como o rock é feito.

tommy-02O interessante é notar que a banda serve de referência tanto par grupos com composições mais leves, que se inspiram na fase inicial de sua carreira (na qual eram reverenciados pelo movimento mod britânico), quanto para bandas mais pesadas, inspiradas por suas composições mais maduras e, principalmente, por suas explosivas apresentações ao vivo.

A banda continua ativa até hoje, embora com somente dois de seus integrantes originais. Keith Moon faleceu em 1982, devido a uma overdose do remédio que tomava para tentar se curar do alcoolismo. Já John Entwistle morreu de um ataque cardíaco decorrente do uso de cocaína, em 2002. Continue lendo »


Foi Apenas um Sonho

fevereiro 9, 2009

Discuta esse post no Fórum Omega Geek.

banner_cinema1

sonho

Frank (Leonardo DiCaprio) e April (Kate Winslet) se conheceram em uma festa, trocaram olhares e conversaram, logo mais estavam casados. April sempre quis ser atriz, enquanto Frank não sabia bem o que queria. Os dois parecem se dar bem, entretanto as aparências enganam (como em toda história ao retratar uma família típica e sem defeitos). Como se explorando o cotidiano de um homem trabalhador e uma mulher dona-de-casa, os defeitos começam a surgir aos poucos, a ausência de amor parece o estopim para iminentes brigas e a rotina claustrofóbica faz com que o casal imploda. Continue lendo »


Deixa Ela Entrar

fevereiro 2, 2009

Discuta esse post no Fórum Omega Geek.

banner_cinema1Numa época em que vampiros se tornaram sinônimo de filmes água-com-açúcar com atores bonitões para adolescentes (vide Crespúsculo) e a fórmula parece esgotada, vem da Suécia a prova de que, sim, vampiros ainda têm muito a oferecer em termos narrativos e dramáticos. Deixa Ela Entrar (Låt Den Rätte Komma In), de 2008, mostra uma visão original do mito do vampiro, ainda que beba muito das lendas e superstições populares em torno do mesmo.

lettherightonein

O filme conta a história de Oskar, garoto de 12 anos que é constantemente assediado e uma vítima de bullying na escola. Sua vida comça a mudar, porém, quando ele conhece sua vizinha Eli, uma garota de sua idade e que, misteriosamente, ele nunca havia visto, nem no playground na frente de seu prédio, nem na escola. Os dois aos poucos vão descobrindo coisas em comum entre si, e uma forte amizade vai nascendo entre eles. Até que um dia, Oskar descobre o grande segredo de Eli: a menina, na verdade, é uma vampira. Continue lendo »


Art School Confidential

janeiro 19, 2009

Discuta esse post no Fórum Omega Geek

banner_cinema1Estava desesperado nos últimos meses, do nada a locadora perto de casa, que não era uma maravilha, resolveu tirar todos os filmes “catálogos” e deixar apenas “lançamentos” no lugar. O problema foram as escolhas: antes havia um amplo número de lançamentos (não de quantidade, mas de variedade mesmo), porém com esse corte resolveram apenas pegar medalhões que estreiaram no cinema (o que por um lado é bom, pois muitos deles eu tenho perdido ao longo de seu tempo em cartaz) e deixando o catálogo com filmes de 2003 para cima (!!!), isto é, deixando “Efeito Borboleta” como filme clássico da locadora. Até aí tudo bem, mas quando pedi “A Lula e a Baleia”, filme que já estava nas locadoras fazia um bom tempo (tanto tempo quanto eu não aparecia na locadora desde essa notícia), a atendente fez: “Ahn? “Free Willy”?” (sacaram, baleia e tals, elas me matam de rir). Ok, foi a gota d´agua. E a vantagem dessa locadora era ser perto de casa (relativamente).

Continue lendo »