X-MEN: MASSACRE DE MUTANTES

dezembro 12, 2008

Discuta este post também no fórum OmegaGeek

Hoje falaremos da saga Massacre de Mutantes. A história foi contada entre as edições 31 e 34 da antiga revista X-men, em formatinho, publicada aqui no Brasil em 1991, pela Editora Abril. E envolveu os X-men, X-Factor, Quarteto Futuro e até mesmo o deus do trovão asgardiano, o poderoso Thor.

A história se passa principalmente nos subterrâneos de Nova York onde vive um grupo de mutantes chamados Morlocks. Ao contrário dos X-men que vivem na superfície em meio aos humanos normais, mesmo escondendo seus poderes, os Morlocks são mutantes deformados, cujas mutações não permitem que eles passem despercebidos na multidão. Sendo perseguidos, agredidos e até mortos, este grupo de mutantes decidiu há muito tempo se isolar nos esgotos da grande maçã, onde fundaram uma sociedade secreta.

Os Morlocks são conhecidos dos X-men de longa data. A princípio tiveram um primeiro encontro tempestuoso com os X-men. Quando sua líder, a hábil Callisto, seqüestra o Warren Worthington o Anjo, para torná-lo seu consorte.
Conheça os Morlocks

Conheça os Morlocks

Continue lendo »


Belas Maldições

novembro 18, 2008

Discuta esse post no Fórum Omega Geek

banner_literatura

Encontre um pop-star da literatura, mestre no obscuro, em fazer o fantástico encontrar o mundano, e pesquisador de mitos. Misture com o autor de uma das maiores séries de comédia fantástica (ou de fantasia cômica?) existente, especialista em humor nonsense. Qual o resultado? Sem dúvida alguma, é o fim dos tempos.

O fim dos tempos é justamente a premissa de “Belas Maldições: As Belas e Precisas Profecias de Agnes Nutter, a Bruxa”, escrito em parceria pelos ingleses Neil Gaiman (de Sandman, Deuses Americanos, Os filhos de Anansi entre muitos outros) e Terry Pratchett (da série Discworld). Recheado de misticismo e humor (e ainda fazendo essa mistura funcionar), o livro começa definindo data, hora e lugar para o fim do mundo começar. Na Inglaterra, como não podia deixar de ser.
Continue lendo »