Deu no New York Times

março 17, 2009

Discuta esse post no Forum Omega Geekbanner_literatura

Deu no New York Times - Larry Rohter

Larry Rohter - Deu no New York Times

Larry Rohter ficou famoso no Brasil em 2004 por quase ter sido expulso do país devido a uma matéria em que reportava sobre o notório gosto do presidente Lula por bebidas alcoólicas, e como isso estava gerando preocupação entre jornalistas e políticos.

O incidente, que quase gerou uma crise diplomática entre Brasil e Estados Unidos, acabou com a desistência do governo em expulsar o jornalista do país, porém com a falsa impressão de que este havia se retratado e pedido desculpas sobre o conteúdo do que escreveu, algo que não poderia estar mais longe da realidade.

Deu no New York Times apresenta os esclarecimentos de Rohter sobre o incidente, mas não se foca somente no episódio que tornou seu nome conhecido em todo o país. Através de reportagens sobre temas diversos, como cultura, política interna e Amazônia, o livro mostra que Rohter não é o americano com a visão estreita e deturpada do Brasil como foi apresentado pela mídia em 2004, muito pelo contrário.

Suas matérias possuem enfoques diferenciados e aprofundados sobre problemas e qualidades que passam batidas para muitos repórteres brasileiros com anos de carreira, demonstrando uma visão crítica, mas otimista, em relação ao país. Entretanto, a parte mais interessante do livro não são as matérias nele presentes, mas sim os comentários e análises que Rohter faz na introdução de cada capítulo.

deu-no-new-york-times-02

Larry Rohter

Passando por temas que abrangem desde o desprezo que a maioria dos brasileiros possuem sobre o trabalho manual até a maneira ufanista como muitos gostam de bradar que “a Amazônia é nossa” (embora não estejamos fazendo muito pelo seu bem), Rohter aborda pontos relevantes da mentalidade nacional, que se não vão necessariamente alterar o modo de pensar de seus leitores, ao menos servem como uma boa forma de gerar reflexão e discussões sobre a forma que os brasileiros são vistos mundialmente.


Amazônia: Mitos, Verdades e Problemas

agosto 31, 2008

Comente este post no Fórum OMG!

O Mito

Quem nunca ouviu que a Amazônia é o pulmão do mundo? Que suas arvores absorvem o dióxido de carbono (o vilão do efeito estufa) e liberam nosso tão precioso oxigênio, enquanto fazem fotossíntese? Bem, essa última afirmação realmente está correta, mas esse oxigênio liberado está longe de servir pra garantir bons níveis da atmosfera.

A consciência ambiental que surgiu há algumas décadas atrás (devido ao empurrãozinho da Conferência da ONU sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, em Estocolmo e até mesmo mais tarde com a RIO-92) trouxe muitas noções equivocadas, principalmente sobre a Amazônia.

A Verdade

A Amazônia é uma comunidade clímax, ou seja, atingiu seu nível máximo de desenvolvimento e equilíbrio. A floresta sobrevive pelo seu complexo sistema de reciclagem: as árvores usam o gás carbônico liberado pela respiração dos organismos para a fotossíntese e libera oxigênio, que além de ser usado novamente pelas árvores no processo de respiração celular (afinal, elas produziram o alimento na fotossíntese e agora têm que consumí-lo!) também é usado pelos organismos. O mesmo sistema de reciclagem vale também para os nutrientes, uma vez que a Amazônia apresenta um solo ácido, arenoso e muito pobre, o que faz que a região seja inviável para agricultura. Tudo que a floresta produz ela também consome.

Continue lendo »