Neil Gaiman – Coisas Frágeis

Discuta este post no Forum Omega Geek

banner_literatura

coisas-01Apesar de ter adquirido fama mundial com seu trabalho na série em quadrinhos Sandman, nos últimos anos Neil Gaiman mudou seu foco para a área da literatura, tendo publicado romances como Deuses Americanos e Os Filhos de Anansi, atualmente trabalhando em um livro de não-ficção sobre suas viagens pela China. Publicado em 2008 pela Conrad, Coisas Frágeis reúne 9 contos do autor, nos quais Gaiman explora diversos gêneros narrativos, mostrando o porquê de ser considerado como um dos melhores escritores de sua geração.

Os destaques da coletânea ficam para Um Estudo Esmeralda, que mistura o universo estritamente racional de Sherlock Holmes com o de H.P. Lovercraft, povoado de seres irracionais e mistérios indecifráveis. É impressionante como Gaiman consegue conciliar universos tão contraditórios, e como sua narrativa se assemelha à de Sir Arthur Conan Doyle. Para quem já leu algum volume de Sherlock Holmes, as referências e personagens utilizados serão imediatamente reconhecíveis.

A Vez de Outubro narra uma reunião dos doze meses do ano, em que cada um é responsável por contar uma história, contanto que esteja dentro do seu mês. O Problema de Susan é para os fãs de C.S. Lewis e suas Crônicas de Nárnia. Uma espécie de continuação da história, mostra o que aconteceu com Susan anos depois dos fins de suas aventuras.

Golias, criada para o site do primeiro filme da série Matrix, mostra a visão de Gaiman sobre este universo, apresentando inclusive algumas diferenças sutis em relação com aquele mostrado nas telas de cinema, visto que o autor só havia lido o roteiro da obra para servir como sua inspiração. Como Conversar Com Garotas em Festas se passa em 1977, narrando a aventura de dois amigos adolescente em uma festa onde seus convidados não são simples humanos, mas sim universos e planetas inteiros.

Neil Gaiman

Neil Gaiman

Fechando o livro, O Monarca do Vale é um verdadeiro presente para os fãs de Deuses Americanos. Neste conto, Gaiman retoma a história de Shadow a partir do ponto em que havia parado no final do livro, mostrando uma de suas breves aventuras pela Europa, em que encontra personagens como Grendel, originado dos contos sobre o herói Bewoulf. Outro ponto de interesse a mais, é que somente neste conto o verdadeiro nome de Shadow é revelado ao leitor.

Estes, e os demais contos presentes em Coisas Frágeis, provam mais uma vez a criatividade e o talento de Gaiman. Sua leitura, embora carregada de referências, é leve e em nenhum ponto se torna cansativa. Mas talvez o maior mérito do autor não seja sua técnica literataria, mas sim a maneira como consegue tornar seus personagens ficcionais tão reais e próximos ao leitor.

Em vez de tentar forçar o leitor a acreditar em seres mágicos descrevendo-os de maneira detalista ou demonstrando seus poderes, estes simplesmente aparecem na forma de pessoas comuns, que poderiam ser desde seu irmão até o mendigo que anda pelas ruas pedindo esmolas. E é isso que torna suas obras tão obrigatórias e sinônimo de boa literatura de ficção, num mercado que parece cada vez mais dominado por clones de Harry Potter e Senhor dos Anéis.

Anúncios

2 Responses to Neil Gaiman – Coisas Frágeis

  1. taizze disse:

    Me interessei. Principalmente em “O problema de Susan”. Simplesmente adoro Crônicas de Nárnia, e seria muito legal ver o que aconteceu com ela.

    Mas sinto que para entender melhor os outros contos, fora apreciar mais a leitura, eu deveria ler muita coisa antes… =B

  2. marivone disse:

    Olá? Estou sorteando O Livro do Cemitério de Neil Gaiman. Ajuda a divulgar? Participe!!!

    http://guiadaestante.tumblr.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: