Tommy

Discuta este post no Fórum Omega Geek

banner_musica

tommy-03

O The Who é conhecido como uma das maiores bandas de rock dos anos 60, embora no Brasil a sensação que fique é que muitas vezes a banda é esquecida, dando-se um destaque maior para os Beatles e os Rolling Stones quando se fala de grandes ícones dessas décadas. Formada pelo vocalista Roger Daltrey, o guitarrista e principal compositor da banda, Pete Townshend, o baixista John Entwistle e o lendário baterista Keith Moon, o The Who possui até hoje grande influência na forma como o rock é feito.

tommy-02O interessante é notar que a banda serve de referência tanto par grupos com composições mais leves, que se inspiram na fase inicial de sua carreira (na qual eram reverenciados pelo movimento mod britânico), quanto para bandas mais pesadas, inspiradas por suas composições mais maduras e, principalmente, por suas explosivas apresentações ao vivo.

A banda continua ativa até hoje, embora com somente dois de seus integrantes originais. Keith Moon faleceu em 1982, devido a uma overdose do remédio que tomava para tentar se curar do alcoolismo. Já John Entwistle morreu de um ataque cardíaco decorrente do uso de cocaína, em 2002.

Tommy – O álbum

tommy-04Lançado em 23 de maio de 1969, o quarto álbum da banda representou o amadurecimento de seus integrantes, tanto em identidade musical quanto em matéria de qualidade de composições e criatividade. O álbum conceitual em vinil duplo apresenta a história de Tommy, um garoto cego, surdo e mudo, que se torna um novo messias.

Tommy nasce no dia em que é decretada a paz após o fim da Primeira Guerra Mundial. Seu pai, o Capitão Walker, está entre os desaparecidos que não voltaram para casa. Crendo em sua morte, a mãe de Tommy casa novamente e ele é criado como se fosse filho legítimo de seu novo marido.

Anos depois, o capitão Walker volta da guerra e, furioso com a visão de sua mulher com um novo homem, mata-o violentamente, com Tommy presenciando tudo. Walker e sua mulher acobertam o assassinato e coagem o garoto a nunca revelar nada do que viu. O trauma dos acontecimentos fazem com que Tommy se isole, aparentemente deixando de ouvir, falar e ver qualquer coisa do mundo exterior.

Roger Daltrey no papel de Tommy

Roger Daltrey no papel de Tommy

Após uma infância traumática, marcada por abusos familiares por parte de seu tio Earnie e primo Kevin, e diversas tentativas de curar sua condição, Tommy finalmente volta ao normal, tornando-se um messias de uma religião própria. Sua condição para que seus fiéis atinjam a iluminação é que passem pelas mesmas experiências que passou, sendo privados do som, da fala e da visão. Tais condições fazem com que os fiéis se revoltem e abandonem Tommy, que ao final da história se vê novamente sozinho, abandonado por todos seus seguidores.

O álbum tem como destaque os temas de que trata, seja através da solidão e isolamento de Tommy, passando pelo uso de drogas e abuso familiar. Também é interessante a crítica que faz às religiões baseadas em torno de um ídolo, e como a fé das pessoas desaparece facilmente mediante a exigência de algum sacrifício ou concessão necessários que interfiram em seu modo de vida.

Tommy – O Filme

tommy-011Lançado em 1975 e dirigido por Ken Russell, o filme se trata de um musical bastante fiel ao enredo apresentado no disco, porém com algumas pequenas modificações. A principal é a mudança de cenário para o fim da Segunda Guerra Mundial, e o fato de que não é o pai de Tommy que mata seu padrastro que o havia criado até então, mas, sim, o contrário, seu pai que é assassinado ao voltar para casa e encontrar sua esposa na cama com outro.

Recomendado principalmente para quem conhece e gosta da Ópera Rock em seu formato original, o filme serve como forma de esclarecer alguns pontos do roteiro que ficaram soltos ou difíceis de compreender. Fora isso, apesar de seu elenco de estrelas (que conta com nomes como Jack Nicholson, Oliver Reed, Eric Clapton, Tina Turner, Elton John e a própria banda), o filme não apresenta grandes atrativos, e sua estética chega a ser desconfortável e até irritante em muitos momentos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: