Eternos – Sobre Deuses e homens

Discuta esse post no fórum Omega Geek

banner_quadrinhos11

 eternos1

Mais do que herois os Eternos são deuses. Deuses que caminham lado a lado com a humanidade. Pra quem conhece um pouco da história da Marvel deve saber que em meados da década de 80 Jack Kirby, teve a idéia de transformar herois da mitologia em super-herois.

Resumo da história: a cerca de meio milhão de anos atrás, deuses espaciais conhecidos como Celestiais vieram a terra capturaram as protopesssoas – seres mais antigos que os homens de neanderthal – percebendo seu potencial, e começaram a realizar experiências. Os Celestiais contruíram máquinas, feitas de pedra, maiores que montanhas e com essas máquinas fizeram magia. A partir do material genético das protopessoas os Celestiais criaram duas novas formas de vida: Os Eternos e os Deviantes.

Os Eternos eram inteligentes, poderosos, perfeitos e imortais. Criados para proteger e guiar a humanidade, ou efeméridas, como eles gostam de nos chamar, pelo fato de sermos mortais. Os Eternos assumindo o papel de verdadeiros deuses entraram em contato com o homem nas diferentes partes do mundo. Inspirando e mostrando a humanidade como evoluir através do aprendizado.

Já os Deviantes foram criados com o simples objetivo de alimentar os Celestiais. Uma raça peculiar onde nenhum membro é da mesma espécie que os outros. Cada qual com um aspecto, atributo ou forma diferente. Os Deviantes se reproduziram muito rápido e logo escravizaram a humanidade. Foram pelos próprios criadores que retornaram a terra chamados pelos Eternos, que derrotaram os Deviantes.

Todos devidamente apresentados os Eternos foram herois que chamaram alguma atenção no início de suas histórias, mas logo caíram no esquecimento tendo o título cancelado, na década de 80. Entretanto os deuses ficaram apenas adormecidos e em 2006 ganharam uma minissérie em quatro capítulos a altura de deus dons divinos, escritas por um também Deus dos quadrinhos: Neil Gaiman.

eternos2

Makkari

A trama é simples e ao mesmo tempo genial: Os Eternos desapareceram, não existem mais. E a pergunta é o que poderá ter acontecido com eles? Somos apresentados ao protagonista da história o estudante de medicina Mark Curry. Em uma noite estafante durante um plantão no hospital, Mark recebe a visita de um homem misterioso chamado Ike Harris, que afirma que ele próprio e o médico são muito mais do que aparentam, são deuses.

eternos3

Ikaris

Obviamente Mark não acredita na história, imaginando que se trata de mais um lunático, entre tantos outros que já passaram pelo hospital. Todavia Ike Harris, na verdade o eterno Ikaris, é capturado por dois homens, na verdade dois deviantes disfarçados. Mark começa a ter sonhos e visões sobre a passagem dos celestiais pela terra e da batalha com os Deviantes e começa a acreditar que ele próprio está ficando louco. A história se desenvolve através de Curry em sua busca pela verdade, até a realização de que ele é, de fato o imortal Makkari.

eternos4

Sersi

Durante a história Curry encontra, mesmo sem saber, a princípio outros Eternos. A primeira deles é a sexy – mesmo nos traços geométricos de John Romita Jr – Sersi. Uma imortal com poderes transmutadores, que inclusive já fez parte dos Vingadores (e vivia dando em cima do Capitão América). Sersi também não faz idéia de que é uma imortal e trabalho como um organizadora de festas.

eternos5

Thena

Seu primeiro e único trabalho no ramo é organizar uma festa para a embaixada Vorozeikhana. Na festa mais eternos comparecem e a trama vai se desenrolando. Conhecemos a cientista Thena Elliot, na verdade a eterna Thena – filha de Zuras o líder dos eternos – que agora vive uma vida mortal trabalhando nas indústrias Stark, para o próprio Homem de Ferro. Encontramos também Druig, que sem lembrar sua origem divina, planeja um golpe de estado, tomando o poder na Vorozeikha.

Duende

Duende

Enquanto isso Ikaris, nas mãos do Deviantes passa por grandes provações, pois a dupla tenta de toda forma descobrir como matar um eterno, afogamentos, banhos de ácido, atropelamentos, tudo se mostra ineficaz para destruir Ikaris. O Eterno desesperado continua mandando avisos telepáticos para Makkari e a única chance dele descobrir alguma informação é entrando em contato com o Duende, um astro-mirim-prodígio que tem seu próprio seriado de televisão. Como já devem suspeitar, o menino é também um eterno e em suas mãos está a chave do segredo sobre o desaparecimento dos deuses.

Sobre a edição não é preciso destacar que texto competente de Neil Gaiman, seria chover no molhado. O que salta aos olhos, literalmente nesse caso, é a arte de John Romita Jr, que a princípio causa estranhamento, pelas traços duros e lineares, entretanto em Eternos a arte combina brilhantemente com a história além de dar um ar de quadrinhos clássicos antigos, como os feitos pelo pai dos Eternos Jack Kirby nos anos 70. Uma arte a altura dos herois e de seu criador.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: