Ryan Adams & The Cardinals – Cardinology

Discuta este artigo no Fórum Omega Geek

Ryan Adams é um dos raros casos de artistas que se tornaram “queridinhos da mídia”, não por ser bonitinho Cardinologyou por suas companhias amorosas, mas sim pela grande qualidade de seu trabalho. Adams começou sua carreira solo em 2000, logo após o fim da banda Whiskeytown, da qual era o líder e principal compositor. Seu primeiro disco solo, Heartbreaker, é um disco de country surpreendente, mostrando um artista maduro, capaz de criar letras e melodias verdadeiramente melancólicas, sem cair no esquema de auto-piedade de artistas menos talentosos.

Adams se mostrou um artista bastante produtivo, lançando uma grande quantidade de discos em seguida, culminando no lançamento de três álbuns com seu nome em 2005. Apesar da maioria dos lançamentos manter um bom nível de qualidade (alguns até superando seu primeiro disco, como Gold de 2001), muitas vezes parecia que Adams estava perdido, sem saber se deveria seguir pelo caminho do pop radiofônico, do rock’n’roll ou do country. Problemas com relacionamentos amorosos, aliados ao uso excessivo de álcool e drogas contribuíram para desviar a atenção da mídia para sua vida pessoal, que acabou se tornando mais evidente que sua música.

Cardinology, sua terceira contribuição oficial com a banda de apoio The Cardinals (quarta, se contar o disco Easy Tiger, creditado somente a Adams na capa do disco), retoma elementos presentes em Heartbreaker, mostrando o amadurecimento da banda durante os últimos anos, e que o tratamento pelo qual Adams passou para superar suas dependências em nada afetou sua criatividade e talento como compositor. Prova disso é a matadora seqüência de abertura, com quatro músicas excelentes, algo difícil de se ver em um disco atualmente.

Os destaques ficam para Born Into a Light, Go Easy, Fix It e Magick, que abrem o álbum, além da excelente Crossed Out Name e da faixa Stop, que fecha o disco de forma brilhante. Cardinalogy figura tranqüilamente como um dos melhores álbuns do ano, e como um dos melhores da carreira de Adams.

Ryan Adams & The Cardinals

Ryan Adams & The Cardinals

Tracklisting

01. Born Into a Light

02. Go Easy

03. Fix it

04. Magick

05. Cobwebs

06. Let Us Down Easy

07. Crossed Out Name

08. Natural Ghost

09. Sink Ships

10. Evergreen

11. Like Yesterday

12. Stop

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: