PS3 superado pelo Xbox 360 no japão. O que mais a Sony tem a perder?

Discuta esse artigo no Fórum Omega Geek

Eu fico imaginando o cara que era Corinthiano, tinha dinheiro aplicado na bolsa e era Sonista. O indivíduo viu seu time ir pra segunda divisão, seu dinheiro desaparecer e seu videogame favorito ser chamado de Blu-Ray player que TAMBÉM roda jogos! Como diria o Galvão: HAJA CORAÇÃO.

Veja bem: Já apontamos que a divisão do PS3 da Sony tem trabalhado no vermelho, financeiramente falando. Não que isso seja um problema que afete negativamente nossa jogatina, já que o PS3 ofereceu e continuará oferecendo alguns exclusivos de bastante qualidade nos próximos meses. Mas, convenhamos, as coisas começaram a incomodar pros “istas” (e pra quem pensava em adquirir o console) quando a Sony desde 2006 começou a perder exclusividade sobre títulos como Assassin’s Creed, Devil May Cry IV, GTA IV, Mirror’s Edge e, mais recentemente, Final Fantasy XIII e Tekken 6! Veja bem, todos títulos de peso e nós sabemos o quanto exclusivos fazem a diferença em um mercado com 3 opções de bons videogames. O principal problema é que as publicadores de jogos simplesmente não têm interesse em ter um retorno pequeno (se comparado aos investimentos milionários) com a base atual de consoles PS3 no mercado em comparação ao que podem ganhar tendo os mesmos lançamentos para Xbox 360 e PC. Ou seja, tornando o jogo multiplataforma.

Só que do lado da Microsoft e do Xbox 360, o Tio Bill Gates, maroto que é, também investe forte para tirar a exclusividade da Sony com acordos comercias e, paralelamente investe nos seus próprios exclusivos. Dá até subsídio às produtoras e publicadoras: deu 50 milhões na mão da Rockstar pra GTA IV não ser exclusivo de PS3 e a Microsoft ainda ter conteúdo exclusivo para o Xbox 360. Joga pesado pra manter títulos em seu console.

O Xbox360 também saiu na frente com os jRPGs (Japanese Role Playing Games) praticamente esquecidos pelos outros consoles caseiros e trouxe Blue Dragon, Lost Odyssey, Infinite Undiscovery, Tales of Vesperia entre outros, todos exclusivos e por todos esses esforços pela primeira vez vendeu mais que o PS3 no Japão, algo que parece mentira, visto que culturalmente era até aceito por todos que o Xbox360, um console americano, vendesse menos em terrotório japoronga por toda a eternidade. Mas até no seu próprio território a Sony acaba de receber sua primeira facada dos americanos… por estar focado no resto do mundo e não combater os exclusivos de Xbox 360 que tentam conquistar o público oriental.

Não me leve a mal, eu respeito os jogos exclusivos (bons) do PS3: jogos de qualidade como Ratchet & Clank, Uncharted, Metal Gear Solid 4 e Resistance, mas não são suficientes. Cadê a tão prometida e adiada Home, para competir com a Xbox Live? O Xbox Live tá aí, firme e em breve renovado, fazendo bonito para a interatividade entre jogadores. Algo que o jogador ocidental QUER.

Se a Sony não consegue manter os maiores exclusivos, precisa ao menos se equiparar à Microsoft em relação ao serviços que agradam o ocidente, a menos que queira viver na lenda de que sairá na frente apoiado no dieferencial do suporte à mídia Blu-Ray, o que já se mostrou uma inverdade, já que seu concorrente direto, o Xbox 360 anunciou o primeiro trimestre de lucro recentemente, sem possuir suporte a blu-ray e o Wii, console menos potente da geração, que não lê nada a não ser jogos, é o vencedor disparado dessa década em relação a lucros, vendendo, só em setembro, mais do que PS3 e Xbox 360 juntos.

Eu diria à Sony: agilize e faça com qualidade esse God of War 3 (que com certeza não será perdido pra Microsoft, já que a Publisher é a própria Sony!), esse Resistance 2, esse MAG (Massive Action Game), essa Home e olha pro seu mercado japonês ao invés de só querer conquistar o ocidental com jogos cheios de semalhantes. Sei que a Sony já tá se desdobrando e até lançou um PS3 com HD duas vezes maior pelo mesmo preço pra chamara a atenção dos usuários no Japão, mas precisa suar mais se não quiser fechar essa geração com bilhões a menos, como a Microsoft fechou a passada com o iniciante Xbox. E se conquistar o mercado americano tão dominado pela Microsoft é difícil, reconquistar o Japão pode ser tão ou mais complicado se a Microsoft se consolidar por lá.

Isso porque a gente nem começou a falar na batalha de serviços virtuais e dos jogos oferecidos na Xbox Live Arcade e Playstation Network. Isso fica para outro dia!

Abre o olho Sony!

Discuta esse artigo no Fórum Omega Geek

Uma resposta para PS3 superado pelo Xbox 360 no japão. O que mais a Sony tem a perder?

  1. Jon disse:

    Great site, I’ll come back and read more when I have more time.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: