O Menino Amarelo

Discuta este post também no fórum OmegaGeek

Histórias em quadrinhos podem ser publicadas em livros, revistas e jornais semanais. Podem ter circulação mensal, semanal, diária, etc. Podem ser publicadas em praticamente qualquer mídia, impressa ou eletrônica. Então o que diferencia as histórias em quadrinhos dos demais tipos de texto? 

As histórias em quadrinhos geralmente casam a narrativa, o texto escrito, com a imagem seqüencial, com quadros que organizam a história e guiam o leitor. Sendo assim podemos definir que os quadrinhos apareceram pela primeira vez quando deram voz aos personagens; Quando os personagens dos desenhos passaram a contar suas histórias através do uso de balões e legendas integrados ao texto. 

É consenso geral que esta mudança na forma de comunicação surgiu, com a publicação de Down on Hogan’s Alley, tira criada por Richard Felton Outcault e publicada a partir de 1895. No beco Hogan, fomos apresentados a Mickey Dugan, mais popularmente conhecido como The Yellow Kid (O menino amarelo). Mas aquela que viria a se tornar a característica principal das histórias em quadrinhos, só foi inserida no ano seguinte. 

Em 1896 o Menino Amarelo “aprendeu a falar” mudando para sempre as histórias em quadrinhos, definindo a partir de então o padrão que seria seguido no próximo século e evoluiria para o modelo que conhecemos atualmente. Utilizando o próprio camisão amarelo do menino como um balão, Outcault colocou, pela primeira vez, o texto de um personagem em primeira pessoa. 

Até esse momento as histórias eram sempre narradas em terceira pessoa e os personagens apenas representavam, ou melhor, interpretavam a história contada pelo narrador. O evento iniciado pelo Menino Amarelo agregou fala aos quadrinhos e trouxe mais vida e personalidade aos personagens. Além do fato de aprender a falar, o que caracterizou esta publicação como uma legítima história em quadrinhos foi o fato de sua publicação periódica conquistar um público fiel que acompanhava as histórias publicadas semanalmente no New York Journal. 

O fato é que até hoje o simpático menino de camisolão amarelo é lembrado e homenageado por muitos, dando nome inclusive a um dos mais importantes prêmios internacionais de quadrinhos, o Yellow Kid, na Itália. E se você quiser saber mais sobre o Menino Amarelo esse site aqui tem várias histórias publicadas entre 1895 e 1898, com algumas aventuras do garoto que deu voz aos personagens de quadrinhos.

Uma resposta para O Menino Amarelo

  1. luiz guilherme disse:

    q coisa mal explicada

    vc se coloka direito!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: