Amazônia: Mitos, Verdades e Problemas

Comente este post no Fórum OMG!

O Mito

Quem nunca ouviu que a Amazônia é o pulmão do mundo? Que suas arvores absorvem o dióxido de carbono (o vilão do efeito estufa) e liberam nosso tão precioso oxigênio, enquanto fazem fotossíntese? Bem, essa última afirmação realmente está correta, mas esse oxigênio liberado está longe de servir pra garantir bons níveis da atmosfera.

A consciência ambiental que surgiu há algumas décadas atrás (devido ao empurrãozinho da Conferência da ONU sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, em Estocolmo e até mesmo mais tarde com a RIO-92) trouxe muitas noções equivocadas, principalmente sobre a Amazônia.

A Verdade

A Amazônia é uma comunidade clímax, ou seja, atingiu seu nível máximo de desenvolvimento e equilíbrio. A floresta sobrevive pelo seu complexo sistema de reciclagem: as árvores usam o gás carbônico liberado pela respiração dos organismos para a fotossíntese e libera oxigênio, que além de ser usado novamente pelas árvores no processo de respiração celular (afinal, elas produziram o alimento na fotossíntese e agora têm que consumí-lo!) também é usado pelos organismos. O mesmo sistema de reciclagem vale também para os nutrientes, uma vez que a Amazônia apresenta um solo ácido, arenoso e muito pobre, o que faz que a região seja inviável para agricultura. Tudo que a floresta produz ela também consome.

Então okay, a Amazônia não é o pulmão do mundo…  bora derrubar e aproveitar toda aquela terra pra alguma coisa mais útil que um ecossistema? NOT!

A Amazônia tem sim seu principal papel na regulação da temperatura do planeta (que já não anda muito boa com a floresta… imagine sem ela). A quantidade de chuva produzida na região (devido à floresta) é importante para a agricultura de todo o país, para abastecer os rios e gerar energia para as indústrias e cidades e claro, manter a temperatura nos melhores níveis possíveis.

O Problema

A importância da floresta tem sido ignorada por muitos que ainda vêem naquelas terras uma maneira rápida de ganhar dinheiro. Já passou pelo Senado e agora está na Câmara dos Deputados um projeto de lei que autoriza a derrubada de até 50% da vegetação da floresta e desobriga também os responsáveis pelo desmatamento a recuperarem o que derrubaram na região.

Uma das principais características da comunidade clímax, além da sua estabilidade, é sua estreita faixa de tolerância a variações de fatores ambientais. Pensar que ao derrubar a metade (que ainda resta) de uma floresta, a outra metade vai continuar verde e produtiva como se nada tivesse acontecido é inocência.

Derrubar metade da floresta geraria lucros rápidos pra poucos e prejuízos inimagináveis a nem tão longo prazo para muitos. Como já foi citado o clima e até a agricultura do nosso país estão ligados diretamente à floresta e se as coisas já não andam boas atualmente com o que resta dela, imaginem com muito menos que isso!

O Greenpeace está com a campanha “Meia Amazônia Não”. No site http://meiaamazonianao.org.br tem mais informações e também um abaixo assinado. Pra quem acha que vale a pena não só reclamar e fazer algo, fica a dica!

 

Anúncios

7 Responses to Amazônia: Mitos, Verdades e Problemas

  1. Diper disse:

    Pelo fato de você não ter citado nenhuma vez o ENEM… isso foi uma coincidência monstro mesmo?

    Pros desinformados: ENEM foi aplicado hoje, e o tema da redação era a defesa de ações contra o desmatamento, que ameaça o ciclo hidrológico amazônico e indiretamente todo o abastecimento do país.

  2. Diper disse:

    Correção: por “hoje” eu quis dizer domingo, dia 31/08
    O Itaú sempre diz, mas nunca vou conseguir me acostumar:
    “Já passou da meia-noite. Hoje, já é amanhã”

  3. Danee disse:

    Eu comecei escrever o artigo uma semana atrás e foi publicado antes de eu sair de casa pro ENEM. Quando vi a prova ainda pensei: tomara que já tenham publicado. huahsahs

  4. nanigga disse:

    Isso aí, BNBlog em primeira mão!

  5. men!n@ perfe!t!nh@ disse:

    bom.. amei essa pagina na internet ! aprendi muito com ela hehe…
    tenho umtrabalho pra fazer de est. amazonicos.. ja esta nao mao depois de tanta leitura rsrs… foi de suma importancia para mim esta leitura, pude aprender diversas coisas da amazonia que nao sabia e as levarei ao longo de minha vida

  6. Raquel disse:

    Gente, sou estudante de engenharia ambiental e procurando material para um seminario acabei me deparando com esse site. Gostaria de informá-los que parte da informação daqui está errada. Em teoria uma comunidade climax não sequestra gás carbonico, porem estudos recentes feitos na Amazonia indicam que ela continua sequestrando gás carbonico e que ainda esta em crescimento. Porem a seca é um problema nessa questao , pois diminui o crescimento da floresta e consequentemente o sequestro de carbono.
    Esse site pode ajudar a compreender:
    http://www.agencia.fapesp.br/materia/8579/especiais/floresta-em-pe-para-anular-emissoes.htm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: