Esforço por um filho nerd

agosto 12, 2008

Discuta essa postagem no Fórum Omega Geek, clicando aqui.

Ainda que você não pense em ter filhos em um futuro próximo, é bem possível que pelo menos alguma vez você tenha parado pra pensar, mesmo que por alto, em nome, sexo e como gostaria que ele fosse, idealmente. Se você já é pai ou mãe, naturalmente já passou por isso ou está passando atualmente.

O fato é que, para grande parte dos geeks e nerds especificamente, a preocupação em relação aos gostos e hábitos dos filhos pendem para alguns pontos interessantes (ou não), como:

Será que ele vai gostar de RPG?
Será que ele vai gostar de ler?
Será que ele vai gostar de boa música?
Será que ele vai gostar de games?
Será que ele vai ser inteligente e estudioso?
Será que ele vai ser NERD?

Eu, por exemplo, gostaria que meu filho ou filha tivesse seu forte lado gamer, como eu tenho. Não parece inteligente limitar ou impor esse gosto, mas vale a pena tentar conquistar a criança com os games apenas apresentando-os a elas. Quem faz a magia e efetivamente conquista é o próprio video game.

E, para isso, valem algumas estratégias. Pese se valeria a pena comprar alguns vídeo games clássicos, como os “remakes” de Master System e NES que até hoje estão no mercado a preços acessível, para fazer a criança sentir o gosto desses consoles antigos, até porque é fácil constatar que muitos dos gamers atuais foram fortemente influenciado pelos consoles com os quais tiveram contato ainda na infância. E nunca são memórias ruins, então vale a pena incentivar enquanto é cedo.

Continue lendo »


O Guia do Mochileiro das Galáxias

agosto 12, 2008

Discuta essa postagem no Fórum Omega Geek, clicando aqui.

A Terra foi destruída pra dar lugar a uma via expressa espacial. Você é o último sobrevivente da raça humana, e só consegue sair do planeta pegando carona, junto com seu amigo que você não sabia ser alienígena, numa nave da equipe de demolição. Você é inglês. E não tem chá decente no espaço.

Esse é o plot inicial de “O Guia do Mochileiro das Galáxias” (The Hitchhiker’s Guide to the Galaxy). Ainda assim, uma parte muito pequena dele, uma vez que a história tem uma quantidade absurda de reviravoltas. Escrito por Douglas Adams, o livro foi publicado em 1979, embora tenha surgido inicialmente como uma radionovela, depois compilada numa fita cassete. Cheio de situações bizarras, personagens originais, humor altamente ácido, com piadas espreitando em cada vírgula, toda a série de livros é um prato cheio para quem gosta de humor britânico meio escrachado.

Continue lendo »