Opinião – A arte de pagar ingresso e não assistir a um show

Um dos efeitos negativos do avanço tecnológico e do maior acesso à produtos antes restritos a uma camada da população com maior poder aquisitivo, é que possuir um produto não significa necessariamente que a pessoa possua a educação requerida para seu uso responsável.

Explico:

Todo mundo que gosta de frequentar shows já sofreu com o problema de alguém com maior estatura estar na nossa frente, bloqueando a visão do que acontece no palco (situação até certo tempo também comum nos cinemas, em que uma má escolha de lugar resultava no preço do ingresso desperdiçado). Essa situação é bastante comum, especialmente para aqueles de baixa estatura, embora não esteja restrita a estes (é quase cientificamente provado pela lei de Murphy que se você possui 2 metros de altura, há uma grande chance de no show da sua banda favorita você ficar preso atrás de alguém que possui 2,10 metros, e ainda usa cabelo black power).

Nos últimos anos um novo e pior inimigo veio se juntar para irritar aqueles que esperam que, ao comprar o ingresso, o mínimo que consigam seja assistir o que está acontecendo: as câmeras digitais. O acesso cada vez mais barato a esse tipo de aparelho (e o avanço tecnológico que permite câmeras de resolução cada vez maior em celulares) criou uma nova espécie de indivíduo que frequenta shows, cuja principal característica é a atração quase doentia por assistir o que está acontecendo em sua frente através de uma pequena tela, ao invez de olhar diretamente para o acontecimento. A maior satisfação dessa espécie é colocar sua gravação com qualidade de imagem e som duvidosas no youtube, para provar que esteve no local e realmente presenciou o acontecimento.

Não sou a favor de banirem a entrada de câmeras em shows, afinal todos têm direito de registrar um momento alegre através de uma imagem, mas há poucas coisas piores do que a frustração de não poder assistir o que está acontecendo porque alguém teve a idéia brilhante de filmar um show inteiro em uma câmera de 3 megapixels de resolução, o que resultou em um braço levantado na sua frente durante 90 minutos. Se essa fosse a única opção para recordar o que aconteceu, tudo bem, mas hoje a maioria dos artistas possuem DVDs de alta qualidade disponíveis no mercado, e duvido muito que alguém realmente saia caçando videos de baixa resolução com o som abafado na esperança de sentir-se no show que não pode ir.

Mas qual seria a solução, já que, ao menos no Brasil, ninguém parece ligar muito pra quem está atrás e também pagou (na maioria das vezes caro), para assistir um show? Uma maior conscientização do público acho dificil acontecer, ao menos em curto prazo. Enquanto isso não acontece, acredito que o ideal seria o que aconteceu nos shows do Iron Maiden durante a última turnê: proibir a entrada de máquinas fotográficas e filmadoras. Celulares ainda conseguiram burlar a proibição, mas ainda assim foi incomum presenciar um show em que todos estavam preocupados em ver o que realmente acontecia com os próprios olhos, não através de uma telinha com tamanho de 3 polegadas.

Comente sobre esse post no Fórum Omega Geek!

15 respostas para Opinião – A arte de pagar ingresso e não assistir a um show

  1. Danilo disse:

    Bom eu sou o tipo de cara que prejudica os indivíduos de baixa estatura, mas acho que todos tem o direito de estar perto de seu cantor favorito.
    Sobre as câmeras, sim isso prejudica e muito, e cansa tbm pq eu já filmei pelo menos umas 3 músicas no show do Iron…
    Mas foi só pra registrar o momento, pois não as publiquei, somente fica em meu pc de recordação.

  2. Kobold disse:

    Deveriam tacar fogo nessas pessoas que levam camera pra shows. Deixam de assistir o show e também não deixam ninguem assistir.

  3. nanigga disse:

    Bom… qualquer pessoa na minha frente é maior do que eu, fato.

  4. Vanessa Otovicz disse:

    Bom, creio que a pessoa tem que ser muito burra para ficar só olhando na porra da cyber, celular ou qualquer coisa que o valha, seria lindo da parte de qualquer energumeno dessa espécie que quando fosse utilizar os objetos tecnológicos tivessem o desconfiometro de pensar coletivamente, e tirar uma foto ou duas e abaixar a merda que chamam de braços.
    abraço.

  5. Lukaz disse:

    Eu levo camera, mas nunca filmo o show. Por mais que seja legal colocar o video no youtube depois, eu prefiro muito mais procurar por um DVD que gravou tudo em alta qualidade.

  6. Gustavo disse:

    Não tem nada pior do que procurar uma música no youtube e acabar caindo em um destes vídeos de qualidade duvidosa, com a pessoa berrando a música (e, geralmente, errando a letra).
    E quanto a dar azar e ter alguém alto na frente, não pode esquecer que, por mais que você ande um pouco para o lado, na esperança de ter um espaço pra ver o show, o cidadão cabeçudo na sua frente também vai andar o mesmo tanto para o mesmo lado. Murphy rege o universo e não tem como fugir das leis dele.

  7. Regente disse:

    Jamais me aconteceu. La-la-lá.

  8. Larissa disse:

    Comigo acontece sempre. Mas eu sempre dou um jeitinhod e ver o show.🙂

  9. Felipe disse:

    Regente esqueceu de adicionar que ele nunca foi em show, já que lá não vai nenhum artista que ele goste.

  10. feanari disse:

    Eu comentei no Fórum que nunca tinha me acontecido.
    Mas eu acabei de voltar do show do Muse em SP, onde eu quase fui esmagada perto da grade por pessoas enormes.
    Aí eu desisti de ficar lá na frente e achei lugares melhores até, onde eu vi o palco todo sem esforço. Mas era no fundão… E entre eu e a banda, haviam tantas câmeras e celulares, que foi impossível não lembrar deste post.

  11. Alanie disse:

    Eu não sou de ir em shows, prefiro ficar em casa, vendo os DVDs deles, sem me estressas com essas coisas. =]
    Mas, imagino a frustração de quem pagou caro pra ver e um cidadão-qualquer fica com a câmera na frente. E pra quê? Pra mostrar para todos que “eu consegui filmar a tal música e agora choro toda vez que vejo”?. Pô, guarde a emoção do momento. Acho que isso vale mais do que ficar relembrando vendo um filmeco todo distorcido.

  12. Henzo disse:

    DVD pode ter uma visão melhor e tal, mas não substitui de forma alguma a experiência de presenciar um show, com ou sem câmeras na frente.

  13. RICARDO GOMES disse:

    Gostaria de saber qual o Art no Código do Consumidor para entrar com uma ação junto a uma Empresa que vendeu os ingressos com mesas e a pessoa que comprou a referida mesa, não teve acesso ao seu recinto?

  14. Hi there! I just wish to give a huge thumbs up for the good info you’ve right here
    on this post. I will be coming back to your blog for extra soon.

  15. Hello! I simply wish to give a huge thumbs up for the nice
    info you have got here on this post. I will probably be coming
    again to your weblog for extra soon.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: