Batman – O Cavaleiro das Trevas

A velha batalha entre o bem e o mal ganhou um novo episódio. Ou melhor, não é uma batalha entre bem e mal e sim uma batalha entre a ordem e caos. De um lado um herói ansioso por reconhecimento e do outro um vilão que não espera nada de ninguém, além de si mesmo. De um lado um herói que precisa seguir as regras e do outro um vilão sem regra nenhuma. E quando digo sem regras, é sem regra nenhuma mesmo, nem com os demais criminosos. O Coringa quer a destruição da ordem, quer questionar os limites, quer explodir e matar e, se possível dar umas boas risadas enquanto faz isso.

O Coringa de “O Cavaleiro das Trevas” é talvez a caracterização mais fiel e, ainda assim, surpreendente representação de um vilão de HQ. Ele é amoral, imprevisível, cruel, assustador, inteligente e ainda assim engraçado. O personagem mais interessante do filme sem sombra de dúvida. O Coringa é talvez o personagem mais importante de Batman, justamente por ajudar a definir o herói. O vilão é o oposto do morcego, mas ainda assim os dois personagens são complementares. Como o próprio personagem diz para o herói em determinado momento: “Eu não quero te matar, você me completa!”

Obviamente o sucesso de Dark Knight não é apenas de Ledger, pois o diretor Christopher Nolan acerta novamente no elenco. Christian Bale está mais confortável, e confiante, no papel do herói do que no primeiro filme. Gary Oldman, sempre competente, é uma perfeita representação do torturado e ainda assim esperançoso Jim Gordon. Michael Caine e Morgan Freeman continuam se divertindo no papel de sidekicks. Harvey Dent está bem representado por Aaron Eckhart como símbolo de tudo que Batman gostaria de ser para Gotham City e minha única ressalva no elenco é quanto à escolha de Maggie Gyllenhal, que é uma ótima atriz, mas ainda não é a mocinha que gostaríamos de ver fazendo par com o morcegão.

Mas vamos a um breve resumo do filme: Gotham City está cansada. Uma cidade que sempre foi sinônimo de crime e corrupção anseia por mudança. Anseia por um herói. E esse herói surge na imagem do jovem e promissor promotor Harvey Dent. Dent se alia ao tenente Jim Gordon e empreende uma cruzada contra a máfia e Batman é o Cavaleiro nesta cruzada. Um cavaleiro sombrio, aliás, sombrio é uma palavra que define bem o filme. É óbvio que o crime organizado se mobiliza contra esta iniciativa e é aí que o Coringa entra na história. E o vilão não mede esforços para alcançar seu objetivo: desmascarar Batman e acabar com qualquer coisa que fique em seu caminho.

E para aumentar a curiosidade sobre o filme já aviso: Nolan mata um dos personagens principais, num clímax chocante, mas para saber quem é só assistindo o filme. E eu garanto que você não se arrependerá de gastar seu dinheiro nesse filme. Depois de Batman – O Cavaleiro das Trevas vai ser difícil outro filme conseguir o seu feito principal. Criar uma lenda do cinema e nesse caso não estou falando do Batman, mas sim do Coringa de Heath Ledger.

 

Discuta sobre esse filme no Fórum Omega Geek! Clique aqui.

Anúncios

6 Responses to Batman – O Cavaleiro das Trevas

  1. Vinícius R. C. disse:

    Na verdade, esse filme definitivamente deveria ter seu nome trocado, deveria ser “Coringa, o Sarraceno do Caos” (já que o Batman está brincando de cavaleiro numa cruzada contra o crime, nada melhor do que o crime fazer papel de sarreceno XD).

    O Batman está em sua melhor representação, Bale foi o melhor até agora ao interpretá-lo… mas Ledger simplismente é a encarnação do coringa.

    Pena que ele morreu… poor thing!

  2. shazan disse:

    Ainda não assisti… as filas tão enormes e eu não gosto de todo esse caos hehehe. Em todo caso, só pelo que estão falando do filme dá pra ver que não é peixe pequeno. Ainda bem, eu sou fã dos heróis da DC e fico feliz em ver um filme que fique tão bom ou melhor que sucessos da Marvel como Homem-Aranha e Homem de Ferro. =]

  3. Lukaz disse:

    Achei que Wall.E ia ficar sozinho como melhor filme do ano, mas Dark Knight ta brigando por essa posição na minha cabeça.

  4. nanigga disse:

    Dark Knight é melhor Lukaz, sem dúvida.

  5. Debora disse:

    Oi, Marcolino
    Fui assistir ontem.
    Amei do começo ao fim e concordo
    com você, o Coringa de Heath já é uma lenda!

  6. amorim disse:

    PERFEITOOOOOOOOOO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: