Review – Final Fantasy VI Advance

Prós
+ É Final Fantasy VI portátil
+ Mantém todo o conteúdo original corrigindo bugs
+ Dungeons e Espers secretos estendem a aventura

Contras
– Está mais para um port do que para um remake
– Músicas perdem qualidade sem o uso de um fone de ouvido

Final Fantasy VI Advance completa a lista de remakes da série lançados para o Game Boy Advance. É impressionante notar como o jogo envelheceu bem, mesmo seu lançamento tendo sido há mais de 10 anos, a história ainda prende do início ao fim, e o sistema de jogo se mantém um dos melhores da série.

Não vou entrar muito em detalhes na história, já que todo fã de bons RPGs tem quase obrigação de conhecer esse jogo: Há milhares de anos, houve uma grande guerra entre os humanos e os espers, que culminou no desaparecimento de toda a magia do mundo, no que ficou conhecido como War of the Magi.

No presente, um grande império está estendendo seus domínios, conquistando todos que se opõe a seus planos. Para isso, faz experimentos que têm como objetivo reviver e controlar a magia há muito tempo perdida. O jogador é apresentado à história de Terra, um dos experimentos do império que acaba escapando do controle deste, e que parte em uma busca para descobrir seu passado, que culmina com sua recrutação pelos Returners, um grupo que pretende acabar com os planos do império.

Nesse processo você vai encontrar diversos personagens marcantes, cada um com sua própria história e motivação, que culminam com a salvação do mundo. Os personagens de FFVI quase todos ser extremamente marcantes, e todos (com exceção de Gogo e Umaro, personagens extras) possuem um passado que justifica suas ações.

Até hoje, estes podem ser considerados alguns dos personagens mais bem desenvolvidos que já apareceram em qualquer RPG (e o mais impressionante é que a quantidade de personagens é bastante grande, é possível ter 13 personagens ao todo no final do jogo).

Ao contrário dos demais remakes lançados para o portátil, não houve alterações gráficas nem sonoras significantes, o jogo continua com a mesma qualidade que tinha quando foi lançado para o SNES, provavelmente o único ponto que se nota é que a resolução do jogo está um pouco melhor, mas nada que seja tão relevante.
Mas mesmo sem mudanças, os gráficos são os melhores dentre essa série de remakes, e mesmo com as limitações de um jogo de mais de 10 anos, ainda consegue passar perfeitamente as emoções dos personagens, os diversos ambientes pelo qual seu grupo passa, os efeitos de magia, enfim, não perde em nada para os demais jogos do portátil.

Basicamente Final Fantasy VI permanece o mesmo jogo que era no SNES, com a correção de alguns bugs (cheaters, digam adeus pra tática “Vanish + X-Zone”), e adequação de nomes de magias para o padrão atual da série (Fire 1, 2 e 3 virou Fire, Fira e Firaga, por exemplo). Além disso, o mais evidente é a revisão feita no roteiro, com diversos pontos que provocavam duvidas sendo modificados, o que proporciona um entendimento bem melhor da história. Fora isso, há dois novos dungeons secretos, abertos depois de finalizar o jogo uma vez e a adição de alguns espers novos.

Final Fantasy VI Advance é um jogo obrigatório para quem possui o portátil e está à procura de um bom RPG. Apesar da sua idade, o jogo envelheceu muito bem, conservando todo o carisma de sua história e personagens que marcaram o fim da série nos consoles de 16 bits.

Anúncios

6 Responses to Review – Final Fantasy VI Advance

  1. Gustavo "Omykron" disse:

    ser pobre doi certas horas.
    |:

  2. Ricardo disse:

    Eu tava (re)jogando agora o FF VI no Snes, desliguei, virei pro pc, abri o blog e tcharam !

    FF VI aqui também !!

    Hehehe

  3. Jorge disse:

    E eu até hoje não terminei o jogo. Lembro que gostei até onde estava, mas depois tive que parar de jogar e fui adiando o recomeço, adiando, adiando… até agora. =P

  4. Minduim disse:

    Será que sai pro DS também? Eles refizeram o 3 japonês em 3D pro DS. Ficou bem legal.

  5. Rafael "Shazan" disse:

    É mais fácil ser piratón e emular o snes no PSP =X

  6. Felipe "Kyo" disse:

    Espero que nem saia pro DS… fiquei moh puto quando alguns meses depois de eu comprar o FFIV pra GBA, anunciaram o remake em 3D do DS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: